Decreto exonera todos os cargos comissionados em prefeitura Paraibana

single-image

O prefeito interino da cidade de Patos, Sales Júnior (PRB), baixou decreto exonerando todos os ocupantes de cargos comissionados da administração direta e indireta no município. O ato foi publicado no Diário Oficial do Município, na última terça-feira (9).

O gestor justificou a adequação de despesas com pessoal nos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para tomar a medida, como forma de garantir o bom funcionamento dos serviços na cidade.

O decreto estabelece que secretários, superintendentes de autarquias e ocupantes de cargos estratégicos em setores essenciais da administração não serão atingidos.

Segundo o prefeito, as novas nomeações de cargos comissionados só serão acatadas após criteriosa justificativa feita por escrita e de forma pessoal por cada secretário.

No mesmo Diário Oficial também constam os pedidos de exonerações dos secretários de Saúde e Administração, Davi Nunes da Paz e Marcos Túlio Athayde, respectivamente, além da nomeação da nova coordenadora de comunicação, Alcilene Candeia.

O gestor tomou posse na última sexta-feira (5) após renúncia do então prefeito em exercício Bonifácio Rocha, do PPS. O titular do cargo, Dinaldinho Wanderley (PSDB) segue afastado da prefeitura por determinação judicial.

Com informações do Portal Correio